Mônica Vermelha

Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de março de 2012

O PT é igual aos outros?

Eu tenho cá para mim, que a principal causa dos nossos equívocos políticos é a falta de memória e, ao contrário do que dizem por aí, não é só o povão que é "esquecido" não; tem muita gente esclarecida, formada e até politizada que tem dado mostras de ter esquecido completamente a história dos partidos políticos neste nosso querido e maltratado Brasil.
Digo isso a propósito dos milhares, talvez até milhões de ex-petistas ou ex-eleitores do Partido dos Trabalhadores, que agora afirmam que o PT é igualzinho aos outros partidos, e quando dizem isso, normalmente, querem dizer que o PT é igual a PSDB, DEM, PMDB, PR etc.  Bom, primeiro, preciso deixar claro que eu também me decepcionei muuuuuito com o PT. Desde o meu primeiro voto, eu voto PT; e, tal como milhares de outros petistas ou ex-petistas, eu também esperava muito mais dos Governos Lula e Dilma. Reforma agrária, imposto sobre grandes fortunas, democratização dos meios de comunicação, reforma política, uma outra, e completamente diferente, política de educação, punição dos crimes da ditadura militar são exemplos de algumas das políticas que o PT não fez, e parece que não vai fazer, que testemunham uma incoerência gigantesca deste partido. Obviamente não é justificativa suficiente, mas eu sei, e creio que muitos dos que condenam o PT sabem também, que tais políticas não são tão fáceis de serem implementadas como gostaríamos, posto que todas elas contrariam interesses poderosíssimos de setores tradicionalmente importantes e poderosos em vários sentidos, inclusive com um poder tão forte de reação capaz de ameaçar e de enterrar a nossa incipiente e combalida democracia.
Posto isso, penso que devemos consultar a nossa história, antes de, simplesmente, condenar para sempre um partido que nasceu das lutas e da organização dos trabalhadores e que em muitos aspectos, sempre foi - e continua sendo - diferente de todos os outros partidos. O PT no seu período "pré-governo" sempre apoiou efetivamente e sempre votou a favor de projetos de interesse dos trabalhadores. Isso foi antes de chegar ao poder? Foi. Mas a história do partido é uma história de compromisso com os trabalhadores e isso não pode ser simplesmente esquecido. Sei que você, leitor, poderá, neste ponto, se inflamar e dizer: é, o PT só foi diferente até vislumbrar a possibilidade de chegar ao poder! Não é bem assim, por dois motivos: primeiro, porque nenhum partido pode ser o mesmo na oposição e na situação, é simplesmente impossível, a posição de governo, a não ser que aceitemos um governo ditatorial, exige que se faça acordos, concessões, negociações, adiamentos; segundo, porque o PT, mesmo tendo feito muito pouco do que gostaríamos, fez programas e políticas que nenhum governante deste país ousou fazer antes: diminuição dos níveis de pobreza, democratização do acesso à educação - superior e técnica, principalmente -, uma política externa autônoma, PROUNI, Minha Casa-Minha Vida, Farmácia Popular, Incentivo a Agricultura Familiar etc   
Aliás, já que falamos de história, é importante ressaltar que não se consertam 500 anos de entreguismo, de descaso com o povo, de falcatruas, de desigualdade e de incompetência em 10 anos, nem se tivéssemos feito uma revolução socialista, coisa que, definitivamente, não fizemos e estamos muito longe de fazer.
Um outro ponto que é crucial nessa discussão é a questão da corrupção nos governos petistas. Infelizmente, eu acredito que ALGUNS dos casos denunciados sejam verdadeiros, embora muitos (ou nenhum!) ainda não tenham sido provados. O PT chegou ao poder e inchou, e esses dois fenômenos trazem no seu bojo o germe da corrupção, é inescapável também, infelizmente. Tem muitos corruptos? Tem. Mas eu não engulo essa história de que o PT é mais corrupto do que os outros, também por dois motivos. Primeiro, porque os corruptos de antes eram amigos da "mídia gorda", quando não eram os próprios donos das redes de tv, jornais e revistas, por isso, eu diria que 90% dos crimes de corrupção cometidos pelos partidos que governaram este país antes do PT nunca foram denunciados, eu não tenho dúvidas de que a maioria dos crimes dos governos do PT só foram denunciados por este único e exclusivo motivo: porque cometidos por petistas, alguém aí acha que a rede globo, o sbt, a record, a veja, a época, a folha de são paulo, o estadão e outros se conformaram com a idéia do operário-presidente, do PT no poder?; segundo porque qualquer pesquisa mínima que fizermos dos crimes que eram denunciados nos governos anteriores (10%) renderá uma lista tão grande ou maior que a do PT, nesse aspecto talvez não haja mesmo muitas diferenças entre os partidos brasileiros e de outros países também.
É isso, o PT no poder está muito longe de corresponder às minhas espectativas pré-eleitorais, mas eu ainda acho que ele é o menos ruim, não tanto por mérito próprio, mas porque os outros (DEM e PSDB principalmente) sempre foram e continuam sendo infinitamente piores, sempre foram elitistas, demagógicos, corruptos, entreguistas, enganadores e, provavelmente, nunca moveram uma única palha pensando no bem do povo brasileiro; aliás povo para eles é só uma categoria analítica, já que a maioria é "intelectual". É por essas e outras que eu ainda prefiro o PT, pelo menos ele dá mostras, ainda que de vez em quando, de que se lembra das suas origens, do povo, das necessidades e aspirações populares.
Ah, a tal da mídia gorda ou o PIG (partido da imprensa golpista) não está descontente porque o PT tenha feito ou vá fazer qualquer coisa para desmascará-la, mas simplesmente porque agora as tetas do governo já não lhes são tão acessíveis quanto antes, qualquer "mamífero" ficaria furioso, né? 

4 comentários:

Cida dos Reis disse...

Dá-lhe Mônica, esta é minha amiga. Parabéns vc sabe exerce como poucos, em nosso circulo, a capacidade análitica de uma cientista política. bjs e também assino em baixo.

Anônimo disse...

Boa tarde.

Primeiramente parabens pelo belissimo comentario. Bom sempre fui PT, sempre votei no presidente Lula, e atual presidente Dilma votei e sempre votarei quantas vezes for necessario, por considerar muito superiores aos demais candidatos. Porêm em BH o partido simplesmente esta escondendo ditadores e carrascos de pessoas, a PBH esta cheia de Gerentes, diretores e coordenadores que estão simplesmente preucupados em manter seus empregos do que promover serviços de qualidade. Por pura vaidade e egocentrismo estas pessoas estão destruindo o partido em suas gestão, espalhando magoa, terror, perseguição, ditadura, mentiras, armações e estrategias sujas e covardes.Não somente eu que admiro muito o Partido dos trabalhadores, principalmente porque o meu maior idolo se chama Luiz Inacio Lula da Silva, mas diversas outras pessoas que são referencias comunitarias estão neste momento dizendo não ao PT em BH.Infelizmente estou pronto para dizer não ao PT por onde eu passar, comunidades, escolas, creches, projetos culturais, faculdades entre outros.PT em BH não não. O Patrus não tem nada a ver com isto mas infelizmente sua retaguarda esta totalmente podre cheio de varejeiras sanguezugas.

monica santos disse...

Caro amigo, eu, infelizmente, não posso dizer nada sobre essas pessoas a quem você se refere. Só posso dizer que, infelizmente, no PT e em todos os outros partidos existem pessoas vaidosas, incompetentes, autoritárias etc. Precisamos conhecer e comparar os projetos políticos dos candidatos e escolher o melhor. Um dos elementos a se considerar é a capacidade do candidato para escolher uma boa equipe. Para o bem e para o mal, "a política é a arte da negociação".

monica santos disse...

Obrigada, Cida. Respeito muito a sua opinião, fico feliz em saber que você concorda.